domingo, 27 de Julho de 2008

Como e' um grifo ?


- cabeça e asas de águia
- corpo de leão
Grifo simboliza um signo zodiacal, devido ao senso de justiça apurado, o fato de valorizar as artes e a inteligência, e o fato de dominar os céus e o ar, simboliza o signo de libra, a chamada balança.

quarta-feira, 16 de Julho de 2008

Os Grifos

Com olhos de águia e patas de leao, os grifo sao fieis companheiros .
Têm corpo de fera e asas de ave .

Reza a lenda que os grifos são os guardioes do tesouso de Apolo, deus grego da Luz e da Musica. Todos os Invernos, ele desapareec, levando o sol e as cançoes, que confia aos grifos, que guardam outros tesouros, até á chegada da primavera, quando ele reaparece na sua carruagem radiante.

E tu ? gostas de Grifos ?

quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Um ser mistico da china: o dragão


O dragão chinês é uma criatura mitológica chinesa que aparece também em outras culturas orientais, e também conhecidos às vezes de dragão oriental. Descrito como longo, uma criatura semelhante a uma serpente de quatro garras, ao contrário do dragão ocidental que é quadrúpede e representado geralmente como mau, o dragão chinês tem sido por muito tempo um símbolo poderoso do poder auspicioso no folclore e na arte chineses. Os dragões chineses controlam a água nas nações de agricultura irrigada. Este é o contraste com o dragão ocidental, que podem cuspir fogo para mostrar o seu poder mítico. O dragão também é a junção do conceito de yang (masculino) e associado com o tempo para trazer chuva e de água em general. Seu correlativo feminino é Fenghuang.
(imagem retirada da web)

terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

O que são elfos?

Os elfos são criaturas míticas da mitologia alemã que sobreviveram no folclore da Europa do Norte. No Século XX o mito se difundiu pelo mundo graças à obra de J. R. R. Tolkien, onde o autor figura os elfos como seres sábios e imortais que controlam em certo nível a natureza ao seu redor.

Alguns seres encantados...




Mouras encantadas: Mulheres da mauritânia, muito formosas, que geralmente eram vitimas de encantamento e ficavam encerradas em poços, grutas, penedos, etc.

Anões: Seres muito pequeninos que tem diversas funções nos contos maravilhosos, confundindo-se com os gnomos e com os duendes.







O que é magia?



Magia (não confundir com mágica ou truque) é um conjunto de teorias e práticas que visam ao desenvolvimento integral das faculdades espirituais e ocultas do Homem. A magia tem características ritualísticas e cerimoniais que visam a entrar em contato com os aspectos superiores do Universo e da divindade.

O que são elementais?

Os Elementais são Entidades Espirituais, relacionadas com os elementos da natureza, onde realizam desempenhos muito importantes, essenciais mesmo, à totalidade da vida natural, pois que, através das ditas Entidades, nos são oferecidos: ervas, flores, frutos, oxigênio, água e tudo o mais que o ser encarnado denomina de Forças da Natureza.

segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

O que são bruxas?


Geralmente retratadas como uma mulher velha e acabada, as bruxas são exímias manipuladoras da magia negra. Uma das imagens mais famosas das bruxas é aquela em que fica sentada em uma vassoura voadora.Existem bruxas famosas como as Bruxas de Salem e em algumas historias, como o popular harry Potter, em que existe uma vasta comunidade de bruxos e bruxas cuja maioria prefere evitar a Magia Negra.As bruxas foram implacavelmente caçadas durante a inquisição na idade média. Para identificar uma bruxa, os inquisidores comparavam o peso de uma mulher ao peso de uma biblia gigante, as que eram mais leves eram consideradas bruxas pois dizia-se que as bruxas adquiriam uma leveza sobrenatural.

O que são Vampiros?

É uma criatura maléfica que se assemalha a um homem. Ele é reconhecido pela sua testa branca, as suas longas unhas e os seus grandes dentes pontiagudos.

O que é um Unicórnio?


Unicórnio, ou licórnio, é um animal mitológico que tem a forma de um cavalo, geralmente branco, com um único chifre em espiral. Sua imagem está associada à pureza e à força. Segundo as narrativas são seres dóceis; porém são as mulheres virgens que têm mais facilidade para tocá-los.A origem do tema do unicórnio é incerta e se perde nos tempos. Presente nos pavilhões de imperadores chineses e na narrativa da vida de confuncio, no Ocidente faz parte do grande número de monstros e animais fantásticos conhecidos e compilados na era de Alexandre e nas bibliotecas e obras helenalisticos

Nomes dados a fadas


Fair family / Fair Folk : Apelido galês.
Verry Volk-Gower: Apelido galês.
Fees: Apelido dado no norte de Inglaterra.
Good Neighbors:Apelido Escocése Irlandês.
Wee Folk: Apelido Escocês e Irlandês.
The Green Children: Apelido dado na literatura medieval.
Still-Folk : Apelido da região montanhesa Escocesa.

Uma história de Gnomos


Algures por ai, ao pé de voçês, existe muitos Gnomos!....

À pessoas que os vêem! Teêm um dom! Conheci a história de uma senhora que via Gnomos. Uns que limpavam a casa e regavam coisas. Eles Ajudam as pessoas!!!

O que são Duendes?






Magnodum: Duende da Magia
Tende: Duende da Sorte
Dunaz: Duende da Natureza
Dulei: Duende da Alegria
Duendo: Duende da União


Os Duendes são alegres, adoram festas, músicas e danças.
O comportamento varia em geral baseiam em atitudes humanas por estarem próximos aos homens. Esta aproximação sempre é favorecida quando o ser humano está mais frágil e sensível.Os Duendes são ligados à Terra e geralmente conseguem controlar imprevistos da natureza
Os Duendes vivem vários anos e chegam a constituir famílias.
Adoram comer e fazer brincadeiras tais como esconder objetos.
Alguns possuem orelhas grandes e pontudas e grande quantidade de pêlos no corpo.
Quando confiam nos homens se tornam fiéis e grandes protetores.

O que sao as Sereias?






Numa noite calma de primavera ou outono, o marinheiro deixa deslizar docemente seu barco perto das margens semeadas de rochedos e ouve ao longe, no marulho das ondas, o gorjeio de uma ave. Esse gorjeio, entrecortado por gritos estridentes e zombeteiros, ganha os ares e passa invisível com um estranho síbilo de asas, por cima da cabeça do marinheiro atento, dando-lhe a impressão de um concerto de vozes humanas. A sua imaginação lhe representa grupo de mulheres que se divertem e tentam desviá-lo de seu rumo. Ele acaba se aproximando mais para identificar a voz e sua embarcação se quebrará nos rochedos. Esta é sem duvida, a origem de todas as fábulas das Sereias. Mas devemos agradecer a estes poetas que criaram esta lenda tão maravilhosa.

As sereias na época de homero eram 3 irmãs, filhas do deus Aqueló e da musa Calíope. Lígia toca flauta, Parténope lira e Leucósia lê textos e cantos. Seus nomes gregos evocam as idéias de candura, de brancura e de harmonia. Outros dão-lhes os nomes de Aglaofone, Telxieme e Pisinoe, denominações que exprimem a doçura da sua voz e o encanto de suas palavras. Conta-se que elas eram ex-companheiras de Perséfone, filha de Deméter, que foi raptada por Plutão(Hades), Senhor dos Infernos. Segundo a lenda, as sereias devem sua aparência a Deméter, que as castigou por terem sido negligentes ao cuidarem de sua filha.

Ovídio, ao contrário, diz que as Sereias, desoladas com o rapto de Perséfone, pediram aos deuses que lhes dessem asas para que fossem procurar a sua jovem companheira por toda a Terra. Habitavam rochedos escarpados sobre as margens do mar, entre a ilha de Capri e a costa de Itália.

O oráculo predissera às Sereias que elas viveriam tanto tempo quanto pudessem deter os navegantes à sua passagem, mas desde que um só passasse sem para sempre ficar preso ao encanto de suas vozes e das suas palavras, elas morreriam. Por isso essas feiticeiras, sempre em vigília, não deixavam de deter pela sua harmonia todos os que chegavam perto delas e que cometiam a imprudência de escutar os seus cantos. Elas tão bem os encantavam e os seduziam que eles não pensavam mais no seu país, na sua família, em si mesmos. Esqueciam de beber e de comer e morriam por falta de alimento. A costa vizinha estava toda branca de ossos daqueles que assim haviam perecido.

Entretanto, quando os Argonautas passaram nas suas paragens, elas fizeram vãos esforços para atraí-los. Orfeu, que estava embarcado no navio, tomou sua lira e as encantou a tal ponto que elas emudeceram e atiraram os instrumentos ao mar.



Ulisses, obrigado a passar com seu navio adiante das Sereias, mas advertido por Circe, tapou suas orelhas e de todos os seus companheiros e se fez amarrar os pés e as mãos ao mastro principal. Além disso, proibiu que de lá o tirassem se, por acaso, ouvindo o canto das Sereias, ele exprimisse o desejo de sair. Não foram inúteis essas precauções. Ulisses, mal ouviu as doces vozes e as promessas sedutoras das Sereias, deu ordem para que seus marinheiros o soltassem, o que felizmente eles não fizeram.

Pausânias conta ainda uma fábula sobre as Sereias:"as filhas de Aqueló, diz ele encorajadas por Juno, pretendiam a glória de cantar melhor do que as Musas, e ousaram fazer-lhes um desafio, mas as Musas, tendo-as vencido, arrancaram-lhe as penas das asas e com elas fizeram coroas." Com efeito, existem antigos monumentos que representam as Musas com uma pena na cabeça. Apesar de temíveis ou perigosas, as Sereias não deixaram de participar das honras divinas e tinham um templo perto de Sorrento.

O que são Fadas?

As fadas são seres de luz.
São elas que se transformam nas cintilações quando a luz do sol bate na água.
São a emoção de existir quando uma flor desabrocha, quando um bebé de qualquer tipo nasce ou quando um novo jogo é inventado e jogado.
As fadas são o meio pelo qual a alegria é transmitida dentro de um sistema ou de um ser físico. Sua alegria clara e cintilante é intensa e espontânea.